O auxílio-moradia pode ser uma ajuda e tanto para quem precisa, seja por questões financeiras ou que corram risco de vida. Conheça alguns programas de auxílio-moradia de algumas cidades brasileiras e saiba quais as exigências para ter direito a este benefício.

Auxílio-moradia

  1. Central de Atendimento – Assistência Social e Cidadania: Bolsa Auxílio-Moradia

Este programa de auxílio-moradia faz parte da assistência social na cidade de Diadema, em São Paulo, e visa atender pessoas e famílias consideradas vulneráveis na sociedade, seja por risco pessoal, social ou eventual.

Representa um auxílio para pessoas com seus direitos violados por negligência, violência, abandono, o que exige medidas de proteção, prevenção ou inserção social.

1.1 Quem tem direito direito à Bolsa Auxílio-Moradia de Diadema (SP)?

– Pessoas ameaçadas ou vítimas diretas de violência doméstica ou sexual;

– Jovens em situações de exploração ou ameaça por conta de envolvimento com atividades de exploração sexual, drogas, crime organizado, trabalho infantil, abandono e afins;

– Adultos que vivem nas ruas ou correm risco de viver;

– Adolescentes em abrigamento judicial ao completarem 18 anos de idade.

1.2 Como conseguir Bolsa Auxílio-Moradia de Diadema (SP)?

Não existe nenhum custo envolvido para adquirir o serviço. Tanto algum assistente social pode recorrer à ajuda para algum terceiro como a própria pessoa pode solicitar o direito à bolsa.

Na cidade, o órgão responsável por administrar o auxílio-moradia é o CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. Para realizar atendimento, os documentos exigidos são RG, CPF do beneficiário e comprovante de residência em nome do proprietário.

Confira os pontos de atendimento abaixo:

– CRAS Sul – Rua João Antonio de Araújo, 395 – Eldorado; Tel. 4049-547; E-mail: [email protected]

– CRAS Centro – Av. Antonio Piranga, 1088 – Vila Santa Dirce; Tel. 4055-9109; E-mail: [email protected]

– CRAS Leste – Rua Prudente de Moraes, 83 – Promissão; Tel. 4069-8035; E-mail: [email protected]

– CRAS Norte – Av. Brasília, 311 – Campanário; Tel. 4091-3029; E-mail: [email protected]

  1. CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo: Auxílio-moradia

A CDHU é uma das maiores companhias habitacionais do mundo no auxílio à moradia nos principais municípios paulistas. Seu programa de auxílio-moradia é destinado a ajudar pessoas temporariamente no sustento de suas residências que foram afetadas por fatores urbanos ou ambientais, como chuvas ou acidentes.

2.1 Quem tem direito ao auxílio-moradia do CDHU?

Não há forma de inscrição para este programa e sim é algo exclusivo para famílias afetadas e identificadas pelo censo da companhia, sendo então contatadas para receber o benefício temporário. No geral, quem recebe os direitos são:

– Famílias de baixa renda, que sofreram perda parcial ou total de suas casas por chuvas ou outras catástrofes; e

– Famílias que precisam sair de suas casas por conta de intervenções urbanas ou ambientais causadas por ações do governo do estado.

2.2 O que é preciso para cadastrar no auxílio-moradia do CDHU?

Quando contatada, a família deve apresentar documentos como RG, carteira de trabalho ou CNH, comprovante de residência recente, comprovante de renda dos moradores maiores de 16 anos.

Se por acaso houve perda de documentos em meio aos problemas enfrentados, comunique ao órgão.

Para tirar dúvidas sobre o assunto, entre em contato pelo Alô CDHU em 0800-000-2348 ou procure um posto de atendimento; endereços disponíveis em http://www.cdhu.sp.gov.br/web/guest/contato-localizacao/postos-de-atendimentos-e-nucleos-regionais.

Observação: Se você não encontrou nenhum programa de auxílio-moradia da sua cidade ou estado, entre em contato com a prefeitura local e informe-se sobre as inscrições sobre Minha Casa Minha Vida ou outro programa local de auxílio à moradia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here