Programa Minha casa Minha Vida 2021 Agora é Programa Casa Verde e Amarela, Veja como se Inscrever e as Novas Regras

O programa Minha Casa Minha Vida agora se chama Casa Verde e Amarela, veja como financiar um apartamento na planta e entenda como os mais carentes podem se beneficiar deste novo programa do governo.

Programa do governo federal Minha Casa Minha Vida

Se você quer financiar um apartamento na planta ou já pronto, não importa se você mora em São Paulo ou qualquer estado do Nordeste ou do Brasil, o programa do governo é para todos. Nunca o juros esteve tão baixo, este é o melhor momento para crédito imobiliário no Brasil.

Programa Minha Casa Minha Vida ou Casa Verde e Amarela?

No nosso ponto de vista, a grande mudança que mais trouxe impacto para esse novo programa do governo foi a extinção dos sorteios para famílias que se encaixavam nos grupos de renda bem baixa.

Destinado a quem não pode pagar um financiamento normal por uma casa nova ou na planta, a parceria entre a caixa e o governo federal garante às famílias de baixa renda acesso a imóveis através de prestações a longo prazo com juros baixo, e muitas vezes oferece subsídios que podem chegar a 47 mil reais.

Para cada região do pais agora existe um limite de financiamento e as suas regras, basicamente norte e nordeste possuem uma taxa de juros menor do que o restante do país.

O que mudou do Minha Casa Minha Vida para o Programa Casa Verde e Amarela?

o Governo federal abertamente disse que o Programa Casa Verde e Amarela não é um novo programa habitacional e sim um conjunto de medidas que procurou o aprimoramento de outros programas habitacionais.

Mas oque mudou do Minha Casa Minha Vida para o Casa Verde e amarela ? Basicamente houve uma alteração nos  grupos em que se enquadram os participantes devido ao seu salário, antes eram as seguintes Faixas do Minha Casa Minha Vida:

  • Faixa 1
    Famílias com renda mensal até R$ 1.800,00
    Financiamento de até 120 meses
    Com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, depende do poder aquisitivo da família.
  • Faixa 1,5
    Famílias com renda mensal entre R$ 2.600,00
    Imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano
    Até 30 anos para pagar
    Subsídios de até 47,5 mil reais
  • Faixa 2
    Famílias com renda de até R$ 4.000,00
    Subsídios de até R$ 29.000,00
    Até 30 anos para pagar
  • Faixa 3
    Famílias com renda de até R$ 7.000,00
    Taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado.
    Até 30 anos para pagar

Agora serão divididos em 3 grupos e não há mais a possiblidade do sorteio e conseguir os apartamentos pagando somente R$80,00:

  • Grupo 1 – para famílias com renda de até R$ 2.000;
  • Grupo 2 – para famílias com renda entre R$ 2.000 e R$ 4.000;
  • Grupo 3 – para famílias com renda entre R$ 4.000 e R$ 7.000.

ou famílias residentes em áreas rurais, com renda anual de até R$ 84.000,00

Imóveis que agora estão no Programa Habitacional:

Antes no programa Minha Casa Minha Vida somente apartamentos e casas em construção ou na fase de implementação poderiam ser adquiridos pelo programa, agora imóveis usados também são aceitos no programa Casa Verde e Amarela.

Desta forma, a quantidade de imóveis que podem estar subsidiadas ao programa Habitacional é muito maior, sendo assim a população tem a seu dispor várias opções para a compra do seu imóvel.

Documentação necessária para o Casa Verde e Amarela:

Para participar do Casa Verde e Amarela são necessários:

  • RG, CPF;
  • Comprovantes de endereço;
  • E os documentos do cônjuge se for o caso;
  • Certidão negativa de imóvel.
  • Certidão de nascimento;
  • Comprovante de renda.