Construção com DryWall : Veja como fazer com o passo a passo

Se você deseja construir e está em busca de um revestimento prático, fácil de colocar e versátil, talvez seja interessante você procurar saber um pouco mais sobre uma técnica que veio dos EUA chamada Dry Wall.

O dry wall é um material que utiliza pouca água, que não faz muita bagunça ou utiliza muitos materiais, ele é constituído por placas de gesso que já vem prontas e podem ser uma boa opção para quem busca por agilidade. Vamos falar um pouquinho sobre cada fase de instalação e sobre as principais características do produto.

construção feita com drywall

O que Construção com DryWall ?

Criado em 1898 nos EUA, o Dry Wall é um sistema de construção a seco que revolucionou a construção civil da época só chegado ao Brasil anos depois em 1970. A tecnologia veio com intuito de trazer mais agilidade e versatilidade as obras, o drywall é composto de uma chapa de gesso revestido com papel cartão dos 2 lados o que facilita a sua instalação, evita que ele suje o ambiente, dentre outras vantagens.

A técnica teve o seu auge na primeira guerra mundial, devido à falta de matéria prima da época e busca por ganhar tempo, com os anos foi aperfeiçoada para ganhar mais resistência e beleza. Por ser um material industrializado, não precisa de rejunte, argamassa, o que o torna rápido e prático de ser aplicado.

PUBLICIDADE

Drywall vale a pena?

Falar se vale ou não a pena usar o dry wall é bem pessoal, a técnica é bem interessante gasta pouca matéria prima e água é um material de rápida instalação, sendo considerado amigo do meio ambiente, pois dispensa técnicas tradicionais de revestimento, então olhando por esse lado vale à pena usar.

Agora se for olhar pela mão de obra qualificada para instalação, um preço final que não é tão em conta, pode não ser uma boa opção. Depende do que é mais primordial para você tempo ou dinheiro.

Vantagens e desvantagens da Construção com DryWall 

Vantagens:

Precisão dimensional dos componentes do produto;
Ganho de espaço interno devido ao fato da espessura da parede ser menor do que outros sistemas;
Utiliza menos mão de obra e evita desperdício de materiais, trazendo a otimização da construção;
É uma vedação leve, o que se traduz em economia na estrutura e na fundação da edificação;
Possibilidade de reaproveitamento ao ser demolido;
O acabamento é tão bom quanto o de alvenaria, permitindo pinturas e formatos criativos de decoração

Desvantagens: 

É preciso de todo um cuidado com a distância e a instalação da placa, visando diminuir a umidade;
Exige a presença de juntas de dilatação bem produzidas;
Objetos fixos à parede como quadros, nichos, painéis, devem ficar tão próximos quanto possível dos reforços de madeira;
Existe preconceito por parte de alguns clientes em relação a durabilidade do produto;
Não é produzida por mão de obra abundante, e sim especializada

Passo a passo da Construção com DryWall 

O Dry Wall requer uma mão de obra qualificada para a sua instalação até mesmo para se obter a qualidade e eficácia do produto, por isso a importância de se contratar um profissional qualificado, abaixo um passo a passo de instalação para que você tenha uma noção do processo:

1. Tenha os materiais necessários

Antes de começar, certifique-se que tem à mão todos os materiais necessários e as placas de gesso, para evitar perder tempo para ir buscar.

PUBLICIDADE

2. Marque as paredes

Se você está pensando em como fazer uma parede de gesso e obter um resultado positivo, o primeiro passo é fazer a marcação – preferencialmente, com nível a laser.

Marque os locais onde as guias de piso, parede e teto serão fixadas, anote os pontos de hidráulica, elétrica e as portas.

4. Coloque as chapas  

Para quem quer saber como instalar drywall, chegou o momento mais aguardado: a colocação das chapas, que devem ser posicionadas verticalmente dentro das guias – deixe uma folga de 1 cm entre a chapa e o piso e uma distância de 25 a 30 cm entre os parafusos na placa.

5. Faça a amarração

Processo realizado quando a altura da chapa é insuficiente, sendo preciso completar com outro pedaço de chapa.

  1. Providencie passagens para elétrica e hidráulica

Seguindo o projeto, abra os furos das caixas elétricas e para passagem dos eletrodutos ou tubulação hidráulica.

7. Coloque o isolamento

Use fitas para fixar o isolamento acústico entre os montantes. 

PUBLICIDADE
  1. Instale as chapas de drywall do lado oposto

Repita a mesma operação do outro lado da parede, tendo o cuidado de não deixar as juntas alinhadas com as que foram executadas da parte oposta.

9. Faça o acabamento

Aplique a massa de rejunte e depois a fita micro perfurada em todas as emendas das chapas e sobre os parafusos.