A moda da sustentabilidade é uma tendência necessária cada vez mais bem-vinda em diferentes setores da nossa vida, afinal traz praticidade e ao mesmo tempo cuida e respeita o meio ambiente.

E no ramo da construção não vem sendo diferente! Dentre os meios e produtos relativos à sustentabilidade, o tijolo ecológico ganha destaque por ser uma solução que reduz impactos no meio ambiente e ainda oferece vantagens à construção. Se liga no texto a seguir para saber mais sobre esse produto.

Tijolo ecológico

Por que tijolo “ecológico’?

O tijolo ecológico tem esse nome porque sua fabricação é totalmente sustentável, já que não necessita de qualquer queima nem faz combustão de madeira na sua cura hidráulica.

Enquanto que a produção dos tijolos convencionais cerâmicos causam desmatamentos e emissão de gases tóxicos, a produção do tijolo ecológico utiliza apenas solo, cimento e técnicas de umidade para a formação dos produtos.

Alguns fabricantes do novo material inovam nas matérias-primas usadas, como bagaço de cana, raspas de pneu ou resíduos siderúrgicos, por exemplo. Legal, né?

O design que esse tipo de tijolo é feito também contribui para construções mais rápidas e práticas, com menos gastos em obra, pois contêm câmaras que facilitam instalações elétricas e hidráulicas.

Também é ecológico por poder ser produzido a partir de restos de outras construções civis, industriais ou orgânicos, incentivando economia e reaproveitamento na obra. Resumindo, é ecológico porque evita degradações no meio ambiente e é feito de forma inteligente.

Preço do tijolo ecológico

O preço do tijolo ecológico varia de acordo com o tipo de material a partir do qual foi feito. Em média, canaletas custam R$1,25, tijolos de meio cerca de R$0,80 e um milheiro com peças inteiras em média saem por R$750,00. O importante é pesquisar, comparar preços e qualidade dos produtos de diferentes fornecedores e saber escolher.

Vantagens x Desvantagens

E aí, será que vale a pena fazer esse investimento que contribui com o meio ambiente? Será que vai contribuir também com a sua obra e com o seu bolso? Confira as vantagens e desvantagens a seguir:

  1. Vantagens do tijolo ecológico

– O design especial dos tijolos ecológicos possibilita passar tubulações hidráulicas e elétricas no meio da obra, logo com a parede sendo montada; sendo assim, não existe isso de quebrar parede para fazer mais obra depois!

Também podem ser facilmente encaixados uns nos outros, gerando economia com argamassa e outros produtos ligantes. Isso também significa obras mais limpas e com menos sobras e desperdícios.

– Possuem um design bonito, portanto servem para decorações com tijolos aparentes, necessitando apenas de um acabamento depois com verniz ou resina.

– Podem receber qualquer tipo de acabamento ou revestimento.

– Os fabricantes também produzem meio bloco do tijolo, então não torna-se necessário perder tempo cortando tijolos para encaixes em cantinhos no meio da obra.

– Duram até 6 vezes mais do que os tijolos comuns se bem aplicados.

– Apresentam excelente isolamento térmico.

– O investimento feito na compra dos tijolos ecológicos representam redução de custos em até 80% com cimento e 100% de madeira.

  1. Desvantagens do tijolo ecológico

– Exige mão-de-obra qualificada por exigir assentamento especial. Não necessariamente é um ponto negativo, e sim limitador.

– Absorve muita umidade, portanto exige cuidados com impermeabilização após a aplicação.

– Para quem deseja reparar ou aumentar a sua obra depois, pode ser um pouco limitador.

– São materiais com baixa resistência a impactos em cantos ou esquinas de obras, de modo a comprometer a estrutura.

– São tijolos de maior espessura, então podem comprometer espaços internos de uma casa se não for planejado.

Construção usando Tijolo ecológico

Como fazer tijolo ecológico?

A ideia sustentável é atual, mas esse método de fabricação de tijolo é milenar! Foi exatamente esta a técnica usada nas construções mais famosas e grandiosas do Egito antiga, por exemplo. A técnica é chamada de Adobe e é feita da seguinte maneira:

Materiais necessários:

– Para a forma:

  • Sarrafo de 120 cm x 10 cm com 2 cm de espessura
  • 50 cm de adesivo de vinil
  • 8 parafusos inoxidáveis e auto-atarrachantes
  • Estilete ou tesoura
  • Furadeira
  • Chave de fenda ou parafusadeira
  • Serrote ou serra circular

– Para o tijolo:

  • 2 m3 de terra
  • 0,5 m3 de areia
  • 0,25 m3 de esterco
  • 2 fardos de feno
  • Lona grossa de 2 m x 2 m
  • Enxada
  • Peneira
  • Facão ou picadeira
  • Balde de 15 litros
  • Água

Confira o passo a passo de como o tijolo ecológico é feito a seguir:

Como fazer tijolo ecológico

Fonte: Revista Globo Rural.

Ilustração: Filipe Borin.

Não é nada complicado produzir, né? Basta ter espaço, equipamentos corretos, matéria-prima de qualidade e poder oferecer o transporte dos produtos até os seus clientes. Quem sabe esse não é um bom negócio a ser investir?

Informe-se sobre as exigências legais e outras necessidades para atuar com produção de tijolos ecológico no site do Sebrae em http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-fabrica-de-tijolos-ecologicos,ce387a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here