Hoje falaremos sobre uma forma criativa de ter plantas dentro de casa, e o melhor, que exige pouquíssimos cuidados no dia a dia. Saiba mais a seguir sobre terrários, aprenda como fazer o seu, quais plantas usar e como cuidar!

terrário

O que é terrário?

Terrário é qualquer espaço ou recipiente, grande ou pequeno, que simule condições ambientais adequadas para a presença de seres vivos, incluindo plantas e animais. Em outras palavras, é como um aquário, porém sem água.


Pode ser feito de materiais comuns como vidro, madeira, metal, PVC, dentre outros, desde que tenha pelo menos uma das laterais feitas de vidro para a exposição decorativa do objeto, além de entrada de luz também ser necessária.

Além disso, podem ser feitos de forma criativa, dentro de garrafão de água, ou de uma lâmpada, dentro de um aquário, dentro de um caixote de pallets, e assim vai, desde que as condições com relação a terra, iluminação e plantinhas estejam adequadas.

Qual a função de um terrário?

Um terrário serve para quem deseja ter plantinhas em casa e fazer poucos cuidados, sem se preocupar muito com elas. Também serve como abrigo para animais selvagens de estimação, como iguanas e tartarugas (já já mostraremos alguns exemplos). Além disso, são de muito bom gosto decorativo e encantam o ambiente em que estão colocados.

Tipos de terrário

Fechado

São terrários feitos em recipientes fechados, com tampa. Esse tipo de terrário deve ter um ecossistema próprio, no qual ocorre evaporação de água até o teto do recipiente, criando umidade, e retorna para regar as plantinhas em forma de gotículas.

Exemplos de terrários fechados:

Aberto

Já os terrários abertos não têm qualquer tampa na parte superior, portanto acontece evaporação de água comum como qualquer vaso de plantas.

Exemplos de terrários abertos:

Terrário de vidro

É o tipo mais comum porque permite que o interior seja visto, desde o jogo de plantinhas ao bichinho que vive dentro deste terrário.

É um material que permite boa umidade e fácil ventilação, tanto em terrários abertos quanto com tampa e pequenas entradas de ar.

Podem ter suportes dos mais diferentes materiais, como armações de metal ou estruturas laterais de madeira.

Os formatos podem ser desde um vaso de vidro comprido para comportar plantas mais altas, ou ainda recipientes baixinhos apenas como uma camada de plantas abertos.

Terrário para animais

Os terrários para animais são como jardins para o bichinho viver bem. Deve ser um espaço bom de acordo com o tamanho do animal, mas nem muito grande nem pequeno demais para deixá-lo desconfortável.

Para iguanas

O recomendado para um terrário de iguanas é um formato retangular, com um recipiente de no mínimo 60 litros. Como é um animal que se aproxima muito das superfícies, opte por vidro liso simples para ele não se ferir.

Pode ser um ambiente fechado, com tampa, mas que tenha entrada e saída de ar, para permitir ventilação saudável ao bichinho.

Terrário Para iguanas

O terreno deve ser de areia fina, marrom e seca, com pedras limpas e secas para decoração.

Utilize uma lâmpada UVB de calor de 100 watts para ser a fonte de calor do bichinho no terrário, lembrando de ter uma área sombreada, como um cantinho oco de madeira para a iguana se refrescar nos dias mais quentes. Converse com um veterinário de animais exóticos caso tenha alguma dúvida.

Para tartaruga

Os terrários para abrigar tartarugas são chamados de aquaterrários, pois contam também com uma parte de água, mas isso depende da espécie do bichinho, afinal existem tartarugas aquáticas e terrestres, mas a última também precisa de água.

Sendo assim, o ideal é o aquaterrário ter duas áreas, uma seca e outra molhada. E não devem ser fechados, sempre abertos, pois umidade traz doenças para as tartarugas.

Terrário Para tartaruga

Importante não decorar o espaço com pedrinhas e cascalhos, pois são bichinhos curiosos que podem comer esses elementos decorativos. O ambiente deve ser bem iluminado, mas sem sol direto.

Algumas das plantas ideais para decorar e não fazer mal à tartaruga são Vallisneria sp., Potamogeton nodosus, Naja guadalupensis, Hydrilla sp. e Myriophyllum spicatum.

Plantas para terrário: Qual a melhor planta?

As plantas mais comuns indicadas para terrários fechados são plantas tropicais, como musgos, orquídeas, samambaias e plantas aéreas, as quais estão acostumadas com condições úmidas em seus ambientes de origem.

samambaias
Samambaias

Além destas, versões jovens de plantas grandes também são ideais porque os recursos limitados do seu ecossistema reduzido limitam também seu crescimento.

Trepadeiras criam um efeito lindo, crescendo para cima e para fora também, em casos de terrários abertos. Invista também em plantas miniaturas, como bonsais, além de gramas, plantinhas suculentas e arbustos jovens.

bonsais
Bonsais

Como cuidar de terrário com cactos e suculentas?

Esse é um dos modelos mais feitos pelas pessoas, pois são plantas fáceis de cuidar e decoram de forma graciosa a residência. Confira algumas dicas e cuidados para cuidar bem do seu terrário:

– São plantinhas que precisam de luz, portanto deixe em local bem iluminado e arejado, não direto no sol.

– Elas aguentam muito tempo sem água, inclusive o excesso de água apodrece suas raízes. A dica é regar apenas quando a areia estiver bem ressecada ou com folhas enrugadas. Nos dias mais quentes, no verão, regue 1x a cada 7 dias e vá reduzindo para 1x a cada 15 dias.

DIY: Como fazer um terrário artificial?

Se a ideia é ter um terrário totalmente decorativo, em que não preocupação nenhuma de cuidar, sem plantas reais nem bichinhos, é uma boa ideia fazer um terrário artificial. Confira o passo a passo abaixo da Revista Artesanato e faça você mesmo em casa:

terrário artificial

Materiais:

– Moldura decorada, de madeira ou plástico, tanto faz;

– Placa de grama sintética;

– Suculentas, cactos ou flores artificiais;

– Cola quente;

– Tesoura.

Como fazer:

  1. Coloque a moldura por cima da placa de grama e recorte a grama de modo que ela se encaixe bem no meio da moldura.
  2. Cole a placa no fundo da moldura.
  3. Cole também as suculentas ou outras plantinhas artificiais sobre a grama, preenchendo bem o espaço.
  4. Prontinho! Você pode apoiar numa mesa ao centro ou ainda pendurar na parede em forma de quadro. Se fizer vários desses e pendurar na parede, você terá um lindo jardim vertical artificial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here