Forros de gesso são de muita utilidade funcional e decorativa, pois podem disfarçar vigas e tubulações, embelezar o teto e ainda ajudar com pontos de iluminação projetada no ambiente.

E a sanca de gesso é exatamente um desses tipos de forros, que modela o encontro entre parede e teto. Saiba mais sobre as sancas de gesso e como pode decorar seu teto com elas a seguir:


Sanca de gesso

Tipos de sanca de gesso

Sanca de gesso fechada

As sancas fechadas são um tipo de forro rebaixado somente nas partes que encontram as paredes, não em todo o teto.

O tipo de iluminação mais usado nesse tipo de sanca são luzes complementares através de spots direcionados a pontos no ambiente, e a luz principal continua centralizada no teto comum.

Sanca de gesso fechada

Sanca de gesso aberta

Quanto as sancas abertas, também são modelos de gesso rebaixado somente na área próxima às paredes, que refletem iluminação de forma indireta e difusa, batendo no teto e refletindo de forma sutil no ambiente. São como “bolsas” de gesso no teto com iluminação embutida.

Sanca de gesso aberta

Sanca de gesso invertida

Por fim, temos as sancas invertidas, que são exatamente o contrário das sancas comuns que citamos acima. Estas abrangem todo o teto, exceto nas áreas próximas às paredes, cerca de 20 cm ou mais.

Esse tipo de sanca permite diferentes tipos de iluminação, seja na parte de dentro da sanca rebaixada ou em spots externos mesmo.

Depende do seu objetivo decorativo. O bom é que na parte de dentro da sanca todos os circuitos necessários para seu jogo de luz ficam discretamente tampados e nada à mostra no ambiente.

Sanca de gesso invertida

Preço da sanca de gesso

Em média, o preço de colocar sancas simples nas laterais das paredes, dos tipos abertas ou fechadas, fica em média R$45 a 50 reais por metro.

Os valores podem variar de acordo com o tipo de placas de gesso escolhido, que pode ter características drywall, anti-chamas, dentre outros. Nesse valor não estão inclusos preços de luminárias, spots nem da fiação necessária que você deseja para iluminar o ambiente.

Dicas e inspirações de sanca de gesso

Quer investir nesse tipo de rebaixamento de teto? Confira a seguir ótimas sugestões decorativas em alguns dos principais cômodos da casa e veja o impacto decorativo e funcional das sancas em cada um deles.

Sanca de gesso em quarto

Uma ideia boa para sancas de gesso em quartos é criar um efeito flutuante, dando um design único no ambiente. Isso pode ser feito com um teto sem acabamento, como cimento ou concreto exposto, por exemplo, e sancas brancas clássicas ao redor.

Um quarto encantador também pode ser criado com uma luz central discreta e pontos mais fortes ao redor das sancas, de modo a contornar o ambiente com luz direcionada às paredes.

Considere também luminárias pendentes das sancas, entrando no lugar dos abajures clássicos apoiados em mesas, por exemplo.

Designs mais avançados de sancas para quartos criam efeitos curvilíneos, que emendam o teto com a parede, dando uma leveza moderna ao espaço. E invista em iluminações difusas amarelas se busca por mais aconchego no seu quarto.

Sanca de gesso em cozinha

Sancas em cozinhas podem ser de todos os tipos, depende da sua intenção decorativa. A sugestão fica por fazer um rebaixamento geral do teto e criar pontos internos e externos de iluminação pelo espaço.

Que tal fazer uma luz pendente direcionada para uma bancada ou ilha no ambiente? Já ao redor do espaço, próximo a móveis, utilize iluminação embutida.

Para uma cozinha mais elegante, a luz branca nas sancas é o ideal; já para uma cozinha mais aconchegante, luz amarela com móveis de madeira tradicional melhoram o efeito.

Sanca de gesso em sala

É o ambiente onde sancas de gesso mais são usadas, pois é um espaço receptivo da casa e toda decoração é bem-vinda, do teto ao chão, ainda mais se for criativa e acessível.

Se a sua sala é integrada a algum ambiente como sala de jantar, por exemplo, brinque com iluminação direcionada ao centro e nas sancas nas laterais luzes complementares para tornar o ambiente confortável.

Quer um ambiente ainda mais receptivo? As sancas laterais com spots de luz amarelada se dão bem com texturas de madeira, sendo assim considere móveis confortáveis e até texturas amadeiradas nas paredes, criando um ambiente intimista.

E se tem algum cantinho da sala onde a iluminação central não atinge, utilize iluminação nas sancas direcionadas para as paredes, criando aquele efeito de luz “lavando” a parede.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here