Certamente, você já passou por isso ou já ouviu alguém falar que não sabe cuidar de plantas, que elas sempre acabam morrendo!

Saiba que a escolha certa das plantas faz a diferença na hora de decorar seu jardim, pois existem tipos específicos para jardins em ambientes internos ou externos, que precisam de poucos ou muitos cuidados, dependentes ou não do sol, dentre outras características.

Para você não errar mais na hora de escolher suas plantas para jardim, se liga nas dicas a seguir!

jardim

Plantas x Sol

  1. Plantas resistentes ao sol

As plantas a seguir são ideias para ambientes externos que possuem contato constante com sol, ou ainda em espaços internos com abertura superior que permitam contato com sol em boa parte do dia. Confira algumas dessas plantas que não são ressecadas nem mortas pelos raios solares:

Agave: Uma linda planta bem resistente a sol pleno que pode crescer até 2 metros, portanto não é indicada para espaços limitados. Suas folhas são grandes e com pequenos espinhos nas extremidades.

Agave

Babosa: Essa planta bastante conhecida por suas propriedades benéficas à saúde e estética também fica linda em jardins externos baixos, com seu caule curto e folhas em formas de lanças com espinhos macios na estrutura.

Pode chegar até 90 cm, sendo bem resistente a incidência solar constante e também em baixas temperaturas.

Babosa

Bulbine: Para os amantes de flores, é uma linda planta que gera flores amareladas ou alaranjadas e vive bem em áreas externas com forte incidência solar. Pode ser cultivada em terrenos livres ou em vasos também, exigindo poucos cuidados como pouca água.

Bulbine

Buxinho: Essa é a planta perfeita para os amantes de topiaria, que é a arte de moldar plantas ornamentais. Pode chegar até 5 metros de altura, mas ainda assim podem ser cultivadas em pequenos vasos, com poda constante. Tolera bem sol pleno.

Buxinho

Cactos: Essas são plantas conhecidas justamente pela propriedade de resistir a temperaturas quentes e áridas, pois armazenam grande quantidade de água internamente.

Ideal para pessoas que querem cuidar pouco de plantas e também em áreas externas. Existem variados tipos, com flores ou não.

Cactos

Dracena de Madagascar: Um tipo de arbusto que pode crescer até 4 m de altura! No crescimento de suas folhas há uma mescla das cores verde e rosa, bem bonito. As folhas são alongadas e finas, com listras.

Pela sua estética, é muito escolhida com finalidades decorativas. Pode ser cultivada em ambientes internos em vasinhos ou em jardins externos, tolerando bem sol pleno.

Dracena-de-Madagascar

Espada-de-São-Jorge: Planta bem resistente que pode chegar até 90 cm, com folhas que crescem no sentido vertical. Tem características invasoras, portanto é melhor em áreas externas.

Espada de São-Jorge

Murta: Presente muito no sul do Brasil, é uma planta bem resistente ao sol, com folhas de forte verde brilhante. Muito utilizada em trabalhos de topiaria e também em cercas vivas de grandes jardins. Ainda gera flores brancas e perfumadas periodicamente.

Murta

  1. Plantas que não precisam de sol

As plantas a seguir são indicadas para espaços internos, com baixa ou nenhuma incidência solar. Perfeita para jardins de invernos em apartamentos fechados ou ainda plantas em ambientes como banheiros. São algumas dessas plantas que não precisam de sol para viver ou ficarem bonitas:

Antúrio: Muito conhecida pelo seu forte toque decorativo através de flores vivas e de coloração forte, é uma planta clássica, fácil de cuidar e de manter, ideal para ambientes fechados. Agrega bem em decorações neutras, trazendo cor ao ambiente.

Antúrio

Areca: Planta bem popular, ótima para jardins internos ou ainda cercas-vivas. Ela até pode ser cultivada em meia luz, mas suas folhas ficam mais bonitas e brilhosas se criada na sombra. A temperatura ideal é mediana e deve ser regada regularmente na semana.

Areca

Jiboia: Uma das poucas plantas trepadeiras indicadas para ambientes internos. Gera folhas coloridas em diferentes tons de verde ou amarelo; e quando criadas nas sombras, geram folhas pequenas e mais uniformes. Muito utilizada em decorações internas para refrescar o ambiente.

planta Jiboia

Lírio-da-paz: Essa planta é perfeita para quem busca delicadeza e poucos cuidados. Pode ser criada em ambientes fechados, necessitando de umidade moderada. Essa planta também é especial por remover tóxicos do ar e renovar o ambiente.

Lírio-da-paz

Orquídeas: Certamente, é uma planta que muitas pessoas temem, mas o que todos devemos aprender é que orquídeas não precisam de luz solar constante!

Existem vários tipos e cada uma precisa dos seus cuidados, mas no geral, elas não se dão bem com excesso de luminosidade, portanto é indicado para ambientes internos com luz indireta sobre elas.

Orquídeas

Violetas: Uma das plantas favoritas dos decoradores, tanto pelo estilo das folhas e flores quanto por suas cores vibrantes.

Perfeita para ambientes internos com decorações em vasinhos, usada desde janelas a centros de mesa ou ainda cantinho de pias. Somente lida bem com luz indireta, não sol direto. Necessário regar de 1 a 2 vezes por semana.

Violetas

Plantas para diferentes tipos de jardins:

  1. Plantas para jardim de inverno

Jardins de inverno pedem plantas que lidem bem com uma fonte limitada de luz do sol, muitas vezes de forma indireta.

Portanto, opte por plantas que não precisem de sol, da lista acima; existem também as plantas de sombra, que não precisam de hipótese alguma de sol no dia a dia.

jardim de inverno

  1. Plantas para jardim vertical ou suspenso

As plantas ideias para decorar um jardim de inverno são as do tipo trepadeira e pendentes, as quais “derramam” sua folhagem sobre a parede e uniformizam o ambiente.

Mas se a ideia é uma decoração com vasinhos, mais delicada, as suculentas são as favoritas, disponível em variadas formas e tipos no mercado.

A escolha das plantas também depende também onde será seu jardim vertical ou suspenso, se será interno ou externo, se você busca por poucos cuidados ou não, e assim vai.

jardim vertical ou suspenso

  1. Plantas para jardim externo

Jardim externos estão suscetíveis a todo tipo de intempéries, como sol constante, chuvas, fortes ventos, alterações climáticas repentinas, dentre outros. Portanto, é prioridade optar por plantas resistentes, de folhagem forte.

A lista que montamos sobre plantas resistentes ao sol serve para esse tipo de jardim, além de certas raças de suculentas, trepadeiras e muitas outras. Peça dicas sobre essas plantas e muitas outras na floricultura!

Plantas para jardim externo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here