Nós brasileiros devemos agradecer todos os dias por morarmos num país que é quente na maior parte do ano, assim quem ama piscinas como você pode aproveitar bastante!

Se está pensando em construir ou reformar uma piscina na sua casa, confira no texto a seguir nossa opinião sobre dicas, materiais e os formatos mais pesquisados na web.


Piscina

4 dicas para escolher a piscina ideal

  1. Avalie seu espaço disponível: Tirar as medidas da área onde você deseja instalar ou construir a piscina é o primeiro passo, pois a partir disso você vai decidir o tamanho da piscina e formato, desde diâmetro a comprimento.

 

  1. Para quem será a piscina: Tenha em mente qual será o público frequentador desta área, se serão adultos próximo a uma área de churrasco, crianças ou ambos. É importante, pois é outro fator para analisar profundidade da piscina, quantidade de litros, inclinação do piso, dentre outros detalhes.

 

  1. Piscina fixa ou montável: Outro fator importante é se você vai querer a piscina sempre à sua disposição de forma fixa no chão ou se vai montar somente quando deseja usar. As fixas, como as de alvenaria, por exemplo, demandam mais tempo de construção; já piscinas infláveis ou em estruturas de aço montáveis podem ser montadas quando você quiser e desmontadas facilmente em seguida. Lembrando que as piscinas estruturadas são mais resistentes e mais seguras.

 

  1. Incluir ou não acessórios: Antes de escolher sua piscina ideal, avalie também a necessidade ou não de incluir acessórios, como forros, escadas, espaço suficiente para bóias ou camas flutuantes, e assim vai. Além desses, têm os acessórios de proteção e cuidados, como forros, capas, filtros, etc.

 

  1. Orçamento disponível: Claro que o seu investimento deve ser proporcional à piscina que deseja. Caso queira uma piscina de prontidão, escolha uma montável fácil, e vá reservando o dinheiro para uma reforma maior de construção no terreno da piscina dos seus sonhos. É melhor esperar e fazer uma obra completa do que fazer de qualquer jeito e ficar insatisfeito.

Alguns materiais para construir piscina

Piscina de fibra de vidro ou alvenaria?

De fato, as piscinas de alvenaria exigem maior investimento, mas também dão mais liberdade na hora de construir, podendo seguir um projeto de qualquer formato e profundidade correspondente ao seu espaço.

Na hora de escolher o revestimento, leve em conta fatores como beleza do projeto e facilidade na limpeza, podendo ser materiais como azulejo, pastilhas de vidro, detalhes em pedras naturais, dentre outros. Necessário impermeabilizar o material antes de usar.

Outras das piscinas mais comuns, daquelas azuis grandonas que vemos nas calçadas das lojas, são os materiais de fibra de vidro, em que formatos e tamanhos são pré-definidos de fábrica, cabendo ao consumidor escolher a melhor para seu espaço e objetivo.

A instalação delas costuma ser fácil, em menos tempo, menos investimento, tem fácil limpeza e é bem resistente. Com os cuidados certos, pode durar até 10 anos.

A única exigência dessas piscinas é que o local de montagem seja de fácil acesso, afinal a peça da piscina vai inteira até o espaço.

Piscina de vinil

As piscinas de vinil têm construção parecida com as de alvenaria, no entanto um material vinílico reveste a área construída onde foi escavada. A duração também é de aproximadamente 10 anos.

Deve-se ter cuidado com objetos cortantes, já que o material pode ser sensível. E uma desvantagem é que ela só poderá ser enchida com o auxílio de um caminhão pipa, já que estruturas internas podem danificar a estrutura.

Piscinas infláveis

Ao contrário das piscinas com armação, as piscinas infláveis no geral têm borda inflável e laterais em PVC. Seu preço é muito vantajoso, com modelos que variam dos maiores para adultos aos menores para bebês e crianças.

Exige muitos cuidados quanto à manutenção, enchimento, esvaziamento e higiene, já que uma vez comprometida, com furos, arranhões, dentre outros, o material se torna perdido.

Piscina com pallet

O pallet é conhecido por ser um material muito versátil e econômico, apto a várias criações, incluindo piscinas. As mais comuns são aquelas acima do nível do solo ou dentro de um deck para a área dessa piscina.

A criação é livre, podendo ser modelos redondos, quadrados, dentre outros, incluindo o estilo ofurô. Geralmente, a parte interna que evita o contato entre a água e a madeira pode ser feita de alvenaria, plástico, dentre outros.

Formatos mais buscados de piscina

Piscina pequena

Se o espaço é limitado, como um cantinho do jardim, não tem problema. Os modelos mais buscados pelas pessoas são piscinas redondas, quadradas e no estilo ofurô, acima do nível do chão.

Apenas tenha cuidado na hora do projeto para não esquecer de um espaço livre para circulação de pessoas ao redor, colocar algumas cadeiras, assim vira uma pequena área de lazer e não simplesmente uma piscina “aleatória” na sua casa.

Piscina retangular

É o estilo de construção mais comum, que geralmente acompanha o formato do espaço disponível ou ainda segue uma parede específica.

Esse formato é o mais buscado, portanto é fácil de achar inclusive nos modelos prontos do mercado, como fibra de vidro, infláveis e outros materiais.

Grandes espaços destinados à prática de esportes, como natação ou hidroginástica, priorizam esse modelo como melhor opção.

Piscina redonda

A piscina redonda tem um formato mais íntimo, que aproxima mais as pessoas. É muito escolhida para casais, crianças brincando ou uma pequena roda de amigos, em que a ideia é interagir.

Não é indicada em tamanhos muito grandes, pela falta de praticidade de instalação e também limpeza. Os formatos ovais podem ser mais práticos para espaços mais amplos.

Piscina com borda infinita

Um modelo super moderno que vem conquistando o coração das pessoas é a piscina com borda infinita, geralmente construída frente a uma paisagem estonteante, para proporcionar relaxamento e contemplação.

Os hotéis mais luxuosos do mundo já contam com esses projetos de piscinas em seus mais altos andares, e é de tirar fôlego mesmo.

O segredo é fazer uma construção com borda rente ao piso de modo a não ter uma borda visível contornando a piscina, daí o nome infinita. E é claro que a água deve estar sempre cheinha.

Dicas de segurança para uma piscina infantil

– Coloque uma cerca de no mínimo 1,20 m ao redor da área da piscina com tranca, assim quando você não estiver por perto, se sentirá seguro ao saber que a criança não tem risco de cair na piscina, pois a cerca estará trancada.

– Piscinas infláveis são práticas de instalar e encher, além de muito seguras por não conter estruturas sólidas ou pontiagudas de modo a machucar a criançada.

– Importante que o piso interno e nos arredores da piscina não deve ser escorregadio, assim como a escada de acesso à sua piscina. Portanto, priorize materiais antiderrapantes, inclusive em piscinas infláveis.

– Nunca deixe crianças dentro da piscina no momento de limpeza ou manutenção, seja por conta dos produtos químicos ou das máquinas de limpeza que têm efeito de sugar.

– Eduque seus filhos a respeito de uso de bóias e de não fazer brincadeiras perigosas na área da piscina. Diversão também é segurança.

Características de uma piscina moderna

Hoje em dias, as piscinas também acompanham as inovações da arquitetura e enchem as casas com muito luxo e modernidade.

A iluminação interna é uma dessas características, a qual confere brilhos diferentes e cores únicas na área da piscina, principalmente à noite.

Faz parte também dos projetos modernos utilizar aquecedores nas piscinas, afinal conforto térmico é sinônimo de modernidade.

Isso também inclui a decoração ao redor, que deve acompanhar o estilo moderno da piscina, com uma mobília bonita, simples, de traços modernos e cores equilibradas. Pisos escuros com fundo claro são uma boa pedida!

Tendência: Casas com piscina na sala

Já viu essa? Sim, existem lindos projetos de piscinas internas, ligadas com ou não com ambientes externos. São projetos ousados, indicados para casas amplas, principalmente casas destinadas a festas constantes, como chalés ou sítios.

As ideias mais modernas contam com pisos retráteis ou com outro tipo de fechamento para quando desejar não expor a piscina. Os mais simples contam com divisórias como portas de vidro para separar os ambientes quando necessário.

Além das piscinas, existem projetos com pequenas ilhas internas ou ainda pequenos “rios” atravessando o piso. É bem bonito, mas exigem muito investimento.

Nunca é erro: Jardins com piscina

As áreas mais comuns para construção de piscinas, além de quintais e varandas, são os jardins. Esses promovem uma conexão boa entre natureza e pessoas, e a piscina pode estar lá inclusa também.

O clima fica mais relaxante com plantas próximo à piscina, além de muito agradável esteticamente.

Se sua piscina for ficar próxima a uma parede, capriche em plantas de crescimento vertical, como trepadeiras ou ainda faça jardins suspensos utilizando suportes, fica lindo!

Inspiração: Top 5 projetos de piscina

Confira abaixo 5 lindos projetos diferentes para te dar ideias na construção da sua área de piscina!

1

projetos de piscina
Os créditos do projeto utilizado vão para: Érick Humberto e Marcelo Raoni.

2

projetos de piscina
Projeto de Piscina Personalizada Jardim Maria Beatriz

3

projetos de piscina
Projeto Hidrosauna.

4

projetos de piscina
Projeto Hidrosauna.

Quanto custa uma piscina?

Depende muito da piscina que você deseja, incluindo se você vai construir do zero ou comprar a estrutura pronta. Tendo como base medidas gerais, a construção de uma piscina de alvenaria varia de R$4 mil a R$20 reais.

Se você comprar materiais prontos, esse valor pode cair em até 70%, inclusive com relação à mão-de-obra de instalação.

Piscinas de vinil, por exemplo, chegam até R$7 mil, enquanto que piscinas de fibra de vidro pode chegar a R$10 mil reais. Lembre-se de incluir custos semanais ou quinzenais de manutenção, dependendo da forma de uso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here