Desde o preparo da parede antes de receber a pintura até a escolha de qual cor será aplicada, pintar uma parede pode ser uma atividade fácil, relaxante, para se fazer entre amigos, mas que exige alguns cuidados para tudo sair conforme planejado ou mais bonito além das expectativas! Para aprender a pintar parede, confira o texto de hoje!

parede meio pintada de azul, com rolo e escada

Materiais: O que é preciso para pintar uma parede?

Tá achando que é só pegar um pincel e uma lata de tinta da sua cor preferida e começar a pintar? Não, né? Confira abaixo tudo o que você vai precisar para pintar uma parede:

  • Para a sua proteção: Óculos de proteção e luvas de borracha.
  • Tinta: De acordo com a superfície que será pintada, incluindo características como ambiente externo ou interna, material da superfície e quantidade correspondente à área a ser pintada.
  • Lixas: Necessária para a limpeza e correção de falhas nas paredes antes da pintura. Quanto mais porosa sua parede, mais ela deve ser lixada. Na hora de comprar a lixa, escolha pela numeração, a qual quanto maior, mais fina é.
  • Panos para limpeza: Depois de lixar a parede, você deverá limpar com panos úmidos para remover restos e pós resultantes. É muito importante limpar bem, pois resíduos geram falhas e bolhas posteriormente na pintura.
  • Massa corrida: Somente se necessário, para cobrir falhas e imperfeições das paredes antes da pintura. Lembrando que massa corrida comum é para ser usada em ambientes internos e massa acrílica em ambientes externos.
  • Espátula e desempenadeira: Itens úteis para aplicação da massa corrida.
  • Fundo preparador: Também adequado à superfície que será pintada.
  • Rolo de pintura: Existem de vários materiais no mercado e a escolha é de acordo com o tipo de tinta. Escolha os rolos de espuma para: esmalte, verniz e óleo; lã de carneiro: tinta à base de água, látex PVA ou acrílica; pincéis de pelo baixo (5 a 12 mm) para pintar superfícies lisas; de pelo médio (19 a 22 mm) para pintar bases semirrugosas; ou pelo alto (25 mm) para pintar paredes rugosas ou com texturas.
  • Extensor de rolo: Estrutura que encaixa no rolo para ajudar na pintura de locais altos.
  • Escada: Também para auxiliar locais mais altos.
  • Bandeja: Para despejar a tinta e facilitar na pintura.
  • Lonas, jornais ou plásticos: Para cobrir móveis e o piso e proteger da pintura.
  • Fita crepe: Para usar em batentes, rodapés e também fixar as lonas nas laterais.
  • Pincel trincha: Para auxiliar na pintura de quinas, juntas e demais cantinhos.
  • Pedaço de pau: Para usar de misturador de tinta dentro da embalagem. Deve ser de madeira, nunca metálico.

Como lixar a parede antes de pintar?

A etapa de lixar a parede é extrema importância para a pintura ficar com bom acabamento. Antes de lixar, você deve limpar a parede lavando e secando, com pano úmido e detergente neutro, se necessário.

Como lixar a parede

Após secar completamente, deve-se passar uma lixa para remover excesso de reboco ou outras imperfeições. Lixas mais finas como 220 ou 240 são indicadas para áreas lisas, enquanto que de 80 a 10 são para superfícies mais grossas.

O lixamento é bem intuitivo e com o próprio toque você vai conferindo se a superfície está lisa o suficiente para receber a camada de selador e depois de tinta.

Lembrando que a limpeza do pó lixado com uso de vassoura ou pano úmido é essencial para evitar superfície rugosa depois da pintura.

Como emassar parede rebocada? E parede de gesso?

Quando o reboco ainda está exposto na parede recém-construída, é necessário que esse reboco esteja seco antes do dia da pintura, sendo necessário aguardar pelo menos 1 mês.

Por cima do reboco, deve ser aplicada a massa corrida específica para seu ambiente, para criar uma superfície uniforme na parede; após secar, no dia seguinte aplica-se o fundo selador e por fim a pintura com quantas demãos forem necessárias.

No caso das paredes revestidas com gesso, funciona da mesma maneira, sendo até mais econômico emassar com gesso. E antes da pintura é a mesma coisa, com aplicação de fundo selador para ajudar na fixação da tinta.

Veja no video abaixo como é feita a aplicação:

Passo a passo: Como pintar a parede de forma simples?

Quem aí já olhou para a parede e pensou “Eu consigo pintar sozinho (a)!”? Pois chegou a hora de perder o medo e fazer você mesmo.

Somente em casos de pinturas especiais e de detalhes mais específicos nós recomendamos contratar um pintor, mas no geral, se você souber exatamente quais os materiais comprar, será uma experiência ótima. Aprenda a seguir como pintar parede:

 

  1. Preparar o ambiente: Tire tudo das paredes, desde quadros a pregos, prateleiras e até mesmo portas se possível (melhor pintar primeiro se ainda não colocou as esquadrias). Cubra tudo com jornais, plásticos e lonas, inclusive o piso. Proteja com fita crepe os rodapés, rodatetos e demais cantinhos que não devam ser pintados.

 

  1. Lixar as paredes: Passo para tornar a superfície uniforme. Limpe todo o pó das paredes  com vassoura e pano úmido. Conte com uma escada para os locais mais altos.

 

  1. Aplicar o selador: Compre um selador de acordo com a parede do seu ambiente. Abra a lata, misture bem para o material ficar uniforme, coloque boa quantidade numa bandeja e aplique nas paredes com a ajuda de rolo. Fique atento à diluição especificada na lata do fabricante do selador. Se a primeira demão for bem aplicada, não é necessária uma segunda.

 

  1. Aplicar massa corrida: Com a ajuda de uma desempenadeira para espaços maiores e espátula para os menores, aplique a massa corrida, para tampar buraquinhos e disfarçar imperfeições. A massa já vem pronta, é só abrir a embalagem e usar. Espere secar por até 4 horas e faça ajustes na superfície com a ajuda de uma lixa. Depois que tudo secar, aplique mais uma camada seladora para auxiliar na aderência da tinta que está por vir.

 

  1. Aplicar a tinta: Cada fabricante de tinta tem suas especificações na embalagem, portanto leia bem. Para usar, mexa bem com um pedaço de madeira, dilua na proporção recomendada e despeje o conteúdo já pronto na bandeja. Pegue o rolo de tinta, molhe na tinta, tire os excessos nas bordas da bandeja e comece a aplicação, fazendo movimentos uniformes por toda a parede, já limpa e seca. Se nunca pintou, treine a prática numa pequena área, até expandir para as laterais e partes superiores.

 

  1. Segunda demão de tinta: A primeira camada costuma secar em 4 horas, depois disso você pode aplicar a segunda demão. Geralmente, alguns fabricantes têm diluições diferentes para a segunda demão, então confira na embalagem. Pinte uniformemente e vá reparando erros que for notando da primeira demão. Prontinho, você pintou suas paredes.

Como você pode ver no vídeo abaixo:

Qual a melhor tinta para pintar parede?

A escolha da tinta depende do seu tipo de parede. Confira:

  • Látex PVA: para áreas internas e secas, pois não é resistente.
  • Acrílica: para áreas externas e molhadas, é bem resistente.
  • Super lavável: para ambientes internos ou externos, resistente a lavagens e limpezas.
  • Inodora: perde o cheiro forte menos de 3 horas, ideal para casas com alérgicos, crianças e animais; também tem modelos laváveis, indicada para áreas internas ou externas.
  • Epóxi: muito resistente à água, ideal para áreas molhadas, próximas a piscinas, ou cozinhas e banheiros.

Dicas para escolher a cor da sua parede

  • Se a ideia é trazer mais vida ao ambiente, opte por cores vibrantes nas paredes, ou pelo menos em uma delas como destaque.
  • Se a ideia é tornar o ambiente mais neutro para receber elementos decorativos ou móveis mais coloridos, as cores neutras são as mais indicadas.
  • Cores escuras criam espaços mais íntimos, menores ou até mesmo mais luxuosos; já cores claras auxiliam na amplitude de espaços limitados e valorização da iluminação.
  • Para alongar o ambiente em uma área quadrada, por exemplo, aplique uma cor mais escura em duas paredes, de frente para outra.
  • Você também pode pintar a parede com base nos elementos decorativos que vai usar nela. Sempre use cores contrárias às desses objetos para destacá-los. Como uma parede preta e elementos amarelos, por exemplo.
  • As cores também transmitem sensações, portanto nada de cores densas e pesadas em quartos onde a ideia é relaxar; ou ainda cores escuras num espaço para receber as pessoas, como na sala, onde a ideia é alegria e aconchego.

Inspirações:

Dicas rápidas para dúvidas frequentes:

  1. Como pintar parede com tinta acrílica?

Antes de aplicar a tinta, é necessário que a parede já tenha superfície impermeabilizada, para garantir boa pintura e duração. Ela é recomendada para paredes externas de alvenaria, painéis de madeira, telas de quadro, dentre outros materiais.

Antes de pintar, a parede deve estar bem preparada, limpa, lixada e com selador. Dilua na medida certa conforme orientações da embalagem. Espere secar para aplicar uma segunda demão, se necessário.

  1. Como pintar parede com rolo?

O rolo torna tudo mais prático na hora de pintar paredes completas, principalmente ajudando nos locais mais elevados quando com os cabos maiores.

Depois de preparar a tinta e despejar na bandeja, basta molhar o rolo na tinta, tirar excessos e começar a aplicação. Posicione de modo vertical, pintando de cima para baixo e depois de baixo para cima.

Espere até 4 horas para aplicar a segunda demão. Ajustes pequenos nos cantinhos são feitos com a ajuda de pincéis.

  1. Como pintar parede já pintada?

O segredo é preparar essa parede antes de receber uma nova camada de tinta. Tinturas antigas geralmente apresentam espaços ressecadas, descascados, que podem ser removidos com ajuda de espátulas e lixas.

Tire outras falhas também, como sujeiras, mofos e umidade. Reparos com argamassa e massa corrida devem ser feitos antes da pintura também.

Esse preparo inicial vai permitir uma boa cobertura com a nova camada de tinta. O contraste entre a cor antiga e a cor nova a ser pintada vai sendo resolvido de acordo com a diluição que você fizer e número de demãos.

  1. Como pintar parede com listras?

A dica mais fácil para fazer uma linda pintura listrada na sua parede é utilizando fita adesiva!

Escolha a partir de 2 cores para criar o efeito listrado na sua parede, que tenham harmonia entre si; tire as medidas da parede, utilizando régua, lápis e marcação com a fita adesiva para delimitar os espaços para cada uma das cores para criar o efeito listrado.

Lembrando que a cor por detrás das fita é a cor secundária das suas listras. Entenda melhor em:

  1. Como pintar parede de branco?

Cor simples, neutra, clássica, que combina com tudo, mas que exige cuidados para a pintura ficar perfeita. Não tem muito segredo na hora de pintar sua parede de branco.

Apenas tenha certeza de que todos os materiais utilizados na pintura estão bem limpos, a parede está bem seca e limpa, a tinta é da cor branca que você busca, e dê o número de demãos de modo mais uniforme até atingir o acabamento que você busca.

A cor branca fosca é a melhor opção para cobrir cores antigas mais intensas. Opte por uma tinta lavável, para sempre poder limpar e manter o branco sempre branco.

  1. Como pintar parede com grafiato?

Paredes com grafiato têm aquela textura mais rugosa, e pintar pode ser um pouco complicado porque não é com uma simples passada de rolo que a pintura vai ficar uniforme.

No grafiato, tem áreas com maior profundidade na parede, e a tinta às vezes não entra de primeira.

Sendo assim, é fácil de pintar também, apenas exige mais tempo e detalhes caprichados com o uso de pincel manual com cerdas menores para adentrar em áreas onde o rolo não conseguiu.

  1. Como pintar parede com cal?

Pintar paredes com cal é uma das formas mais antigas de todas, pois é bem barata, possui durabilidade favorável e tem acabamento satisfatório.

Para pintar parede com cal você vai precisar de:

  • 1 saco de cal para pintura;
  • 16 litros de água;
  • 8 colheres de óleo de linhaça ou tungue;
  • 900 ml de cola branca.

Como pintar:

Prepare a tinta de cal colocando 6 litros de água num recipiente grande com o saco de cal; misture tudo com um bastão. Em outro recipiente, dissolva a cola branca em 8 litros de água até ficar homogêneo.

Depois, junte as duas misturas, adicione o óleo e mexa bem (acrescente mais água se ficar muito grosso). Sua tinta está pronta. Agora é só aplicar nas paredes, fazendo a quantidade de demãos desejada.

  1. Como pintar parede de isopor?

O isopor vem sendo muito usado como revestimentos decorativos em paredes, como é o caso dos clássicos tijolinhos.

Para pintar esse isopor que for usar nas suas paredes, a dica é, antes da tinta, passar por todo o isopor cola PVA diluída, assim deixa o isopor mais resistente, evitando que ele se quebre quando for pintar.

Não use tinta guache, pois o isopor absorve ela toda. Uma boa opção é a tinta acrílica, que não é facilmente absorvida, deixa acabamento bonito, e com 2 a 3 demãos oferece bom resultado.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here