Ei, já ouviu falar na CNH Social? Você precisa entender como ela funciona, pois pode lhe ser muito vantajosa! A seguir, conheça o projeto que auxilia pessoa com baixas condições de renda a terem suas carteiras de habilitação e saiba se você tem direito a conseguir uma também!

CNH Social

O que é a CNH Social?

A CNH Social, também chamado de Primeira Habilitação para o Transporte, é um projeto criado pelo SEST (Serviço Social do Transporte) e SENAT (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) para oferecer gratuitamente a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de categoria B para jovens de baixa renda familiar, sem qualquer custo para quem for selecionado.

Em troca, estes jovens devem participar de cursos de qualificação de atuação no setor de transporte e ingressar no mercado de trabalho.

Como funciona o projeto CNH Social?

As inscrições geralmente ocorrem no início de cada ano, por volta do mês de janeiro mesmo. Já ocorreram seleções em 2015, 2016 e 2017 através da divulgação de editais para vagas remanescentes. Os candidatos inscritos são convocados por e-mail.

Não ocorre em todas as cidades do Brasil. Em 2017, por exemplo, ocorreu seleção em Araçatuba, Caruaru, Crato, Ponta Grossa, Presidente Prudente, e ainda um segundo edital em Montes Claros e Rondonópolis.

Vários estados contam com programas de CNH Gratuita feitos pelo Detran mesmo. Outras empresas como Centros de Formação de Condutores ou clínicas de exames médicos e psicológicos podem também se credenciar como parceiros do projeto, em prol de transformar jovens em novos motoristas no mercado de trabalho.

Para quem tiver interesse, o credenciamento pode ser solicitado em http://www.sestsenat.org.br/credenciamento.

Como posso participar da CNH Social?

Para ter direito à participação, você deve ter idade entre 18 e 27 anos, podendo inclusive já ter Habilitação de categoria A; além disso, o candidato deve saber ler e escrever. A comprovação de renda também é necessária para sua participação, que deve ser de até 3 salários mínimos, que o considera como jovem de baixa renda.

Para outro tipo de habilitação para o transporte, a pessoa deve ter dentre 21 e 50 anos, também comprovar renda mensal até 3 salários mínimos, saber ler e escrever e ter há pelo menos 12 meses sua CNH de categoria B, C ou D, sem nenhuma infração grave, gravíssima ou média cometida nesse último ano.

Essas são as condições participativas comuns dos editais anteriores, mas nada impede de ter algum termo novo no próximo edital, portanto leia com cuidado o próximo que sair e fique atento aos requisitos.

Vale a pena participar do CNH Social?

Se você pretende ter sua primeira CNH ou aumentar sua categoria, mas está sem condições financeiras, vale a pena sim. Basta cumprir os quesitos do edital presente e participar de forma justa. Não adianta tentar burlar as regras só para conseguir sua CNH de graça, pois a análise de comprovação de renda é garantida pela empresa credenciada.

Sendo assim, se você achou o assunto interessante, mesmo não cumprindo os requisitos básicos, passe a ideia para seu amigo que quer tirar a carteira e precisa de um empurrãozinho extra de um ótimo projeto como este.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here